BannerSite Nobre Premium_Fecoagro Banner Outubro Rosa Resenha do Cooperativismo e Agronegócio-01-01-01-01

SENAR/SC inicia turmas do programa Mulheres em Campo

Publicado em: 13/03/2018

O protagonismo feminino tem sido cada vez mais presente no dia a dia das propriedades rurais. Elas têm ocupado papéis de destaque na gestão rural e revelam um grande potencial empreendedor. O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR/SC), órgão vinculado à Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (FAESC), com o intuito de desenvolver as habilidades femininas capacitando-as na gestão de negócios agropecuários, promove o programa Mulheres em Campo. Até o momento nove turmas já iniciaram no estado e outras sete estão com previsão de começar as atividades neste mês de março.

Em 2017 foram realizadas 68 turmas e a expectativa, de acordo com a coordenadora estadual do programa, Nayana Setubal Bittencourt, é de que o número de turmas seja equivalente em 2018. “Os encontros reúnem até 15 mulheres em cinco módulos presenciais de oito horas cada totalizando 40 horas de atividades. São repassadas atividades teóricas e práticas a fim de demonstrar as inúmeras possibilidades de empreendedorismo no campo”, salienta a coordenadora.

As turmas iniciaram nos municípios de Herval d’Oeste, Itapiranga, São Miguel do Oeste, Guatambu, Botuverá, Laguna, Palma Sola, Otacílio Costa e Lebon Régis. Para o mês de março começam em Seara, Abelardo Luz, Belmonte, Ipuaçu, Ponte Alta do Norte, Cordilheira Alta e Faxinal dos Guedes. Todas as turmas contam com o apoio dos Sindicatos Rurais dos municípios correspondentes para a execução das atividades.

O superintendente do SENAR/SC Gilmar Antônio Zanluchi destaca que o programa, anteriormente conhecido como “Com Licença Vou à Luta”, passou por reformulações no ano passado para melhor se adequar a realidade local das propriedades rurais. “Os módulos são pensados de acordo com situações vivenciadas no dia a dia das mulheres no campo. Dessa maneira objetivamos estimular cada vez mais as mulheres a acreditar em si e tornarem-se grandes líderes rurais”.

Para o presidente do Sistema FAESC/SENAR-SC, José Zeferino Pedrozo, as mulheres são, em grande maioria, a base familiar, mas também têm se destacado como empresárias rurais, muitas delas, inclusive, assumindo sozinhas seus próprios negócios. “Elas são visionárias e conseguem trazer um olhar diferenciado para o dia a dia das propriedades rurais. O programa traz um aporte maior de conhecimentos facilitando a aplicação de tecnologias e técnicas de gestão aprimoradas para ampliar o aproveitamento das diferentes cadeias produtivas disponíveis e, consequentemente, aumentando a produtividade, a rentabilidade e a qualidade de vida. Isso demonstra que o meio rural é um lugar de sucesso profissional para toda a família”, complementa.

Fonte: MB Comunicação