Resenha do Cooperativismo e Agronegócio-01-01-01-01 banner-_nobre-02-01 destaque

Deputado Natalino Lázare lamenta morte de Victor Fontana

Publicado em: 07/12/2017

O presidente da Comissão de Agricultura e Política Rural da Assembleia Legislativa, deputado Natalino Lázare, lamentou a morte de Victor Fontana, um dos precursores do agronegócio de Santa Catarina. Aos 101 anos, o empresário e também político morreu na madrugada desta terça-feira, em São Paulo.

O deputado ressalta que Fontana foi um dos pais do agronegócio catarinense, que hoje é modelo para o País e um dos pilares da nossa economia. “Em nome da Comissão da Agricultura da Assembleia Legislativa quero externar os meus mais efusivos pêsames. Victor Fontana foi um profundo conhecedor do agronegócio, tanto catarinense quanto mundial e é preciso reconhecer que uma parte deste sucesso que somos hoje aconteceu graças a ele. Tive o privilégio de conviver com Fontana durante sua trajetória política e pude ver de perto o quanto era uma pessoa de caráter, íntegro e que com sua caminhada honra o nosso Estado e o nosso País”, afirma o parlamentar.

Natural de Santa Maria, no Rio Grande do Sul, Victor Fontana se formou em Engenharia Química. Em 1948, aceitou o convite do tio Attilio Fontana para trabalhar na Sadia, em Concórdia. No setor agrícola, foi o grande responsável pelo melhoramento da suinocultura e da avicultura em Santa Catarina. Foi ele que, nos anos 1950, fez a primeira importação de reprodutores de suínos da Europa, incentivando o melhoramento genético para produção de carne suína, além da melhoria da nutrição e da sanidade animal.

Na área política, atuou como vice-governador de Santa Catarina entre 1983 e 1987. Ele cumpriu dois mandatos como deputado federal, além de ter sido secretário da Agricultura de Santa Catarina em 1975 a 1978, no governo de Antônio Carlos Konder Reis. Também foi presidente da Celesc, conselheiro da República e presidente do Besc.

Fonte: Gabinete deputado Natalino Lázare